[ editar artigo]

Analisando uma haste

Analisando uma haste

Como analisar o cabelo do seu cliente?

A análise do cabelo é uma parte importante da consulta ao cliente que irá ajudá-lo a determinar o estado do couro cabeludo e cabelo.

Explique sempre todos os procedimentos antes de dar início a um tratamento; se houver qualquer dúvida sobre o resultado final, o cliente deve ser informado. É recomendada a utilização de um ficheiro de diagnóstico para registar todos os aspectos de uma consulta. Pode ser adequado pedir ao cliente que assine um documento, declarando que concorda com o modo de atuação sugerida e que tem conhecimento de quaisquer reservas que possa ter.

Os sentidos de visão, olfato e tato são uma fonte de informação para o cabeleireiro experiente. No entanto, são necessários testes diretos adicionais para confirmar o estado do córtex, a porosidade do cabelo, qualquer sensibilidade alérgica a um produto e a presença de químicos de tratamentos anteriores.

Teste de porosidade

A porosidade é uma capacidade do cabelo em absorver a umidade. O cabelo danificado (normalmente carregado de forma negativa) será altamente poroso, com as camadas da cutícula aberta expondo o córtex interior. O cabelo neste estado terá um aspecto baço e seco, e pode ser quebradiço. Quanto mais poroso for o cabelo, mais rapidamente um tratamento terá efeito e o tempo de processamento deverá ser ajustado de acordo.

Idealmente, o cabelo danificado e muito poroso tem de ser cortado antes da coloração ou permanente. Por vezes a porosidade varia, o que é particularmente comum no cabelo longo, com raízes de maior oleosidade e pontas secas.

Com uma mão, segure um cabelo ou grupo de cabelos pela ponta da haste capilar. Com a outra mão, deslize o polegar e o dedo indicado desde a(s) ponta(s) capilar(es) desde a ponta até á base. Avalie a rugosidade ou suavidade do cabelo utilizando as seguintes indicações para determinar um modo de ação:

Suave e brilhanteA cutícula é densa e forte. O cabelo com baixa porosidade pode ter falta de hidratação e resistência ao tratamento.

Ligeiramente áspero-  Isto normalmente é indicador de um cabelo saudável e normal.

Áspero- Demasiado poroso: o cabelo pode ter sido tratado anteriormente. Utilize um produto de pré-condicionador.

Muito áspero, quebradiço e secoIndica cabelo danificado, que pode ser o resultado de demasiados trabalhos técnicos e ferramentas térmicas. Utilize tratamento de reparação ou corte as partes danificadas.

Teste de diâmetro

O cabelo fino é normalmente mais propenso a excesso de oleosidade ou sobrecarga; por oposição, o cabelo grosso pode demorar mais tempo a reagir a um tratamento. A avaliação do diâmetro do cabelo irá fornecer informações úteis quando optar por um tratamento de reparação, adicionar coloração ou ondulação.

Com a experiência, o toque do cabelo é normalmente suficiente, mas um calibrador irá testar com precisão o diâmetro do cabelo. Coloque um cabelo no medidor e leia a escala para determinar o tipo de cabelo. Deverá ter-se em consideração de que o cabelo é frequentemente oval e ligeiramente achatado de perfil, por isso deverão ser realizadas várias leituras para analisar corretamente o diâmetro.

Teste de elasticidade

A elasticidade do cabelo pode determinar o estado do córtex; o cabelo bem hidratado é elástico. Para testar a elasticidade, pegue num fio de cabelo com ambos os polegares e indicadores e estique o cabelo (pode ser necessário tirar um cabelo da cabeça do cliente).

O cabelo saudável irá esticar cerca de 1/3 mais do seu comprimento e voltar ao tamanho original. O cabelo danificado pode não voltar totalmente ao tamanho original, enquanto o cabelo seco ou quebradiço pode partir quando posto em tensão. Use os resultados deste teste para verificar se são necessários cuidados adicionais antes de qualquer tratamento ou look.

Teste de alergia

Em casos raros pode acontecer uma reação alérgica podendo causar vermelhidão, inchaço, bolhas. Por isso um teste de alergia ou outro avaliação deve ser efetuada, antes da aplicação do produto. Mesmo em clientes que já aplicaram coloração anteriormente. Um teste de alergia deve ser efetuado 48 horas antes de executar o tratamento químico. O teste deve ser aplicado numa area de aproximadamente 1cm x 1cm no interior do cotovelo.

  • Aplicar uma pequena quantidade (tamanho de uma ervilha) de creme colorante na zona interior do cotovelo na pele mais fina,com um cotonete;
  • Deixar atuar por 45 minutos;
  • Após o tempo de pose de 45 minutos, remover o creme colorante com água tépida.

Se alguma reação ocorrer durante o tempo de pose ou nas 48 horas seguintes a cliente deve lavar esta zona imediatamente e não deve aplicar nenhuma coloração.

Este teste serve como uma importante precaução. Contudo, deve ter em conta que mesmo que tenha efetuado um teste de alergia, o cliente pode experienciar uma reação quando colorir o cabelo. O teste de alergia não é uma garantia vitalicia, no futuro pode ocorrer uma reação alérgica. Peça ao seu cliente para consultar um médico se existirem dúvidas. Sou cabeleireira especialista em tratamento, colorimetria, cachos e sou cada dia mais apaixonada por ver o quanto podemos conhecer pra ajudar as nossas clientes a ficar com cabelos tao bonitos quanto saudáveis.

 

Liliane Oliveira

Alejandro Valente
Liliane da Conceiçao Oliveira Perroti
Liliane da Conceiçao Oliveira Perroti Seguir

Tenho que saber o fundo de clareamento,ver que cor tem o cabelo,que cor devo usar,pra chegar ao desejo da cliente,nem sempre a cor desejada é a cor aplicada.O CONHECIMENTO TRANSFORMA VIDAS,A MINHA JA ESTA SENDO UMA.OBRIGADO DEUS E ALEJANDRO VALENTE.

Ler matéria completa
Indicados para você