Como acertar o desejo de sua cliente?
[ editar artigo]

Como acertar o desejo de sua cliente?

Sabemos que cada um tem uma visão de algo que deseja para si, tanto profissional como cliente, como a área da beleza é extensa e nos identificamos aqui como colorimetristas, sabemos que nossos clientes tem algo que desejam e buscam em um profissional que é a realização e satisfação na escolha de um profissional certo que execute um bom serviço. Mas antes de iniciar esse assunto, quero fazer uma pergunta: Já aconteceu no seu salão de chegar uma cliente pedindo um tom de marrom e você entregar um marrom diferente do que ela deseja? 

Temos em mente que a base de todo o conhecimento é a busca pelo aprendizado de boa qualidade junto a perseverança em buscar conhecimento libertador.

O conhecimentos nos leva a saber que a cor desejada não é a cor aplicada e sim a cor aplicada em um fundo de clareamento correto será a cor desejada.

Então se existe o conhecimento porque erramos? O que falta que não esta sendo feito? DIÁLOGO... sim falta diálogo! Esta prática de dialogar com nossos clientes nos dá uma visão ampla do que ela gosta e quer, qual a cor que deseja. Em uma conversa podemos ter certeza da tonalidade que esta sendo esperada pela cliente como tons mais quentes ou mais frios, pois a forma de visão do profissional não é a mesma de nossos clientes, no que ela entende como marrom nós vemos uma gama de diversos marrons, vários loiros, muitos vermelhos. 

Uma ferramenta boa de trabalho é fazer uso de cartelas de cores, revistas, que nos levam a definir em cor falada e visão de cor, assim podemos saber o tom correto de cor desejada e a forma que iremos trabalhar para chegar com sucesso a um resultado esperado pela cliente.

Como descrevi no início que: "cada um tem uma visão", eu quis dizer da visão de cores, uns associam um tom laranja como dourado, outros associam o platinado a um pérola, ou pérola a um platinado. 

Vejamos: a cliente quer um loiro pérola, sendo que ela chega pra você e pede um platinado porque na visão que ela tem é que o pérola é o platinado... entendeu? Aí vem o problema, você entrega o platinado e ela se olha no espelho e diz, NÃO FOI ISSO QUE EU PEDI! Qual foi o erro, sendo você um profissional capacitado e cheio de conhecimento, que executou tudo de forma correta, alcançou o fundo de clareamento certo, aplicou a coloração certa, e o que aconteceu? Faltou o dialogo e as ferramentas para te direcionar ao raciocínio de visão de cor que a cliente tem, como citei acima, fotos, revistas, cartela de cores.

Ter um diálogo com nossos clientes nos entrega um resultado máximo de acerto em conhecimento e de entregar um excelente trabalho, assim como a falta dele também faz desabar a ponto de nos perguntar, onde foi que errei?

Tirar um tempo para conversar e nos comunicar de forma clara e incluir essas poderosas ferramentas ao nosso favor, entenderemos de nossos clientes sua real visão e expectativa do que esperar de nós profissionais da área da colorimetria,  seremos ainda mais completos naquilo que buscamos, incluindo nesse complemento a satisfação de nossos clientes. 

Um grande abraço

Silvana Campos

 

Alejandro Valente
Silvana Campos
Silvana Campos Seguir

Sou cabeleireira e amo o que faço. Estou sempre me atualizando e buscando novidades. Trabalhei em salões, mais conquistei minha independência e sou dona do meu Espaço da Beleza Silvana Campos.

Continue lendo
Indicados para você