[ editar artigo]

Como iniciou e o que mudou na profissão de cabeleireiro?

Como iniciou e o que mudou na profissão de cabeleireiro?

A profissão de cabeleireiro é uma das mais antigas da humanidade. Em pesquisas arqueológicas, foram encontradas ferramentas como pentes e navalhas feitos em pedra, então isso nos leva a acreditar que começou na idade da pedra ou pré história a preocupação com a beleza.


Mas foi no Egito, no ano 3.000 A.C., onde a profissão de cabeleireiro começou, pois os Faraós e seus súditos precisavam raspar as cabeças por causa dos piolhos que os escravos traziam e nessa época surgiram perucas feitas de lã de carneiro e eram alisadas, coloridas com pigmento azul escuro e tratadas as quais mostravam o quanto eram capazes esses cabeleireiros, que tinham grande valor para esse povo.

 

A Henna era um pó feito das folhas da alfena egípcia, dava um tom vermelho-alaranjado aos cabelos e unhas. 

Hoje muitos usam como coloração, mas o real motivo era o tratamento que a Henna trazia aos cabelos, ou perucas usadas na época.

Os homens usavam barba postiça, pois isso representava charme e poder.

Mas foram os gregos em 2.000 A.C., que criaram os primeiros salões de beleza que ficavam em praças de Atenas. Filósofos e pensadores se reuniam nesses lugares onde os Kosmetes (embelezadores de cabelos), que eram os escravos, acabavam tendo uma posição na alta sociedade, pois ali surgiram as filosofias e pensamentos que até hoje nos servem de leitura e comportamento.

O Monte Olimpo, considerado pelos gregos o local sagrado, onde os deuses eram adorados, mulheres e homens que frequentavam esse monte faziam adornos em seus cabelos para ficarem bonitos, pois era um momento de gala. Assim surgiram os primeiros penteados da história da beleza dos cabelos. E por 2 ou 3 séculos assim eram os cabeleireiros da época.

Chegamos em Roma, onde as mulheres dos generais e senadores romanos traziam consigo esses penteados inspirados nos gregos e dessa forma a moda tomou seu caminho por toda Europa.

Pulando muitos séculos a frente, chegamos a capital da moda no mundo, a cidade de Paris na França e desde então começamos as eras mais marcantes dos cabelos.

No inicio do seculo XX, a moda tomou forma e seu auge foi dos anos 20 aos anos 90, a inovação nas formas e cores mudaram conceitos e regras, trazendo a tona o boom da beleza em todo o mundo.

No século XXI, esse que vivemos no momento, muita coisa mudou; a liberdade, os conceitos e moda se tornaram, além de tudo que podíamos imaginar, pois muita coisa que vemos hoje como moda, são releituras desses anos áureos.

Eu tive o prazer e o orgulho de viver os anos 80 e 90 onde pude fazer e experimentar o que era novo e moda na época.

Tenho certeza que muito do que aconteceu na moda la atrás, hoje muda a forma e o nome, mas ainda são usadas como antes. Franjas, repicados, chanel, A la Garçone (famosos curtos para mulheres, estilo Sandra Annenberg e Lisa Minelli) e muitos outros ainda fazem a cabeça da mulher nos dias de hoje.

O chanel de bico por exemplo hoje chama-se bob, o ala garçone hoje é o short hair, e o desfiado, o degrafilado.

Releituras de muito bom gosto e que fazem a cabeça da mulher moderna, atual ou contemporânea. 

Desde o início essa profissão tem um lugar especial na história da humanidade e isso é um orgulho para mim, poder dizer que sou cabeleireiro. Muita coisa mudou e continua mudando, mas o que é preciso é ter mais formação técnica e criar profissionais de verdade que aprendam com humildade, começando de baixo para saber como orientar os novos que virão.

Assista esse vídeo que sou entrevistado pelo Mestre da Colorimetria Alejandro Valente e entenderá o que digo. 

 

Mas cabeleireiro, acima de tudo precisa estar atualizado e assim como os computadores mudam todos os dias os cabelos mudam a todo minuto graças às redes sociais. 

Amo minha profissão, afinal estamos aqui há mais de 5 mil anos.

Eu estou a pouco tempo, rsrs...

Osvaldo Morroni

 

Alejandro Valente
Osvaldo Morroni
Osvaldo Morroni Seguir

Cabeleireiro - AJ Hair Studio

Ler matéria completa
Indicados para você