[ editar artigo]

Desprogressiva: Qual é a verdade por trás desse processo?

Desprogressiva: Qual é a verdade por trás desse processo?

Olá! Nos encontramos de novo, agradeço por ter parado um tempo do seu tempo pra ler esse artigo. Vivemos um momento em que o tempo tem que ser muito bem distribuído ao que é mais importante, por isso quero fazer desse momento algo que some em sua profissão.

É certo que vivemos em momento de grandes mudanças, e essas mudanças estão ocorrendo na cabeça de nossas clientes.

Em respeito a sair do cabelo liso para o cacheado, algumas clientes se depararam com as mais intensas propagandas das desprogressivas.

Muitas clientes estavam desejando voltar aos seus cachos naturais, mas não tem paciência de esperar o cabelo crescer, ir cortando aos poucos, preferem acelerar o processo mediante à desprogressiva.

Mas nós como profissionais entendidos do assunto não nos levamos por propagandas, mas sim conhecimento técnico.

O que é desprogressiva?

Como foi passado pela mídia, desprogressiva é o processo de retirada do produto da progressiva feito no cabelo e sobre o novo produto recolocado o cabelo volta a enrolar em sua antiga forma natural, mas quanto tem de verdade nisso?

Não falarei de marcas de produtos, mas sim de agentes químicos que tem se usado pra isso. O mais conhecido deles é: Tioglicolato de AMP

Não estou dizendo que é bom ou ruim e nem desconvencendo ninguém a usar, só estou esclarecendo o que de fato é o produto e como vai agir no cabelo.

Tioglicolato de AMP é um sal oxirredutor que traz em sua formulação ácido tioglicolico do amino metilpropanol, que serve para efeitos lisos como cacheados.

Como age sobre a progressiva?

O tioglicolato de AMP é um produto alcalino entre 7,5 a 8 em PH.

Pelo fato de ser menos alcalino que os alisamentos, como tioglicolato de amônia e hidróxidos de guanidina e sódio que são alcalinos ente 12 a 14.

O tioglicolato de AMP é mais tolerado em cabelos que já passaram por outros processos químicos de alisamentos, descoloração e coloração.

Sua função como agente químico alcalino é ter a força pra eriçar as cutículas e dar nova forma remodelando o fio do cabelo mediante ao ato mecânico manual, após a remodelagem é necessário o uso de um produto ácido como neutralizante para estabilizar o cabelo e manter a forma.

Em alguns casos o processo feito em cabelos que tem progressiva, a nova remodelagem leva algumas sessões pra chegar ao resultado esperado, algumas da primeira vez já se consegue um resultado satisfatório, outros nem dão resultado algum.

Por se tratar de produtos químicos, o cabeleireiro tem que entender de processos químicos e ser habilitado para realizar tal procedimento mediante a testes de mechas.

Então fica aí as informações, desprogressiva não é verdade, não tem como retirar do cabelo os efeitos químicos que já foram realizados tantas vezes antes.

O que é possível fazer é uma nova remodelagem com produtos próprios para isso, mediante testes de mechas.

Espero que tenha gostado.

Comente se já fez esse procedimento e que resultado teve.

Até breve

Alejandro Valente
Elizete Souza Costa Jardim
Elizete Souza Costa Jardim Seguir

Elizete jardim ,especializada em colorimetria , Colorimetria Avançada By Alejandro Valente. E especializada em cortes avançados Academia do c Corte. Claudiney Ravaglia e Alejandro Valente.

Ler matéria completa
Indicados para você