[ editar artigo]

Como tratar dos cabelos?

Como tratar dos cabelos?

Hoje em dia, tanto as mulheres quanto os homens, procuram os salões de beleza para colorir, descolorir, cortar, alisar entre outras coisas para estarem bem. Mas na maioria das vezes não se preocupam com os cuidados e tratamentos pré e pós transformação. Tão importante quanto transformar é cuidar e tratar dos cabelos.

O cabelo é considerado a parte mais maltratada do nosso corpo. Ele passa por várias estresses físicos, químicos e ambientais diariamente e como não se manifestam através da cor, por não terem terminações nervosas, damos pouca importância. Só nos preocupamos quando olhamos no espelho e não gostamos ou quando eles começam a soltar em nossas mãos.

Então, qual a diferença entre cuidar e tratar?

CUIDAR: São as ações que temos no dia a dia como, pentear, lavar, manter a cor uniforme e aquele corte que estamos acostumados.

TRATAR: Repor os nutrientes que foram perdidos ao longo do tempo devido as agressões ambientais e uso cotidiano de ferramentas de calor ou depois de um processo químico. Tratar dos cabelos devolvendo nutrientes é tão importante quanto tratar do corpo com uma boa alimentação.

Muitas vezes cuidamos dos cabelos mas não entendemos porque os fios não ficam do jeito que a gente quer. Neste momento precisamos descobrir qual é a necessidade do cabelo e tratar. Aí você pensa: "vou fazer uma boa hidratação". Mas será que só a hidratação resolve? Você sabia que para cada situação existe um tratamento?

Veja aqui alguns tratamentos e suas respectivas funções:

HIDRATAÇÃO - O termo "hidra" vem do "hidro" que significa água. Portanto, quando se diz HIDRATAR, significa repor água nos cabelos, devolver a umidade perdida pela ação do sol, vento, desgastes químicos e uso excessivo de calor. A hidratação é o princípio de qualquer tratamento capilar. Por isso, mesmo que os fios precisem de nutrição e/ou reconstrução, eles devem ser hidratados primeiro.

NUTRIÇÃO - Sua função é repor lipídios (óleos), responsáveis pela proteção da fibra e fundamental para reter a hidratação dentro da estrutura do fio de maneira mais eficiente, reparar danos superficiais enquanto fornece alimentos, além de facilitar o desembaraçar os cabelos e realçar a luminosidade.

Os lipídios presentes na nutrição são ricos em ácidos graxos, fonte de antioxidantes, que protegem das agressões que provocam o enfraquecimento da fibra capilar.

RECONSTRUÇÃO - É o processo usado para depositar nos fios, aminoácidos, proteínas e minerais, essenciais para a estrutura física dos cabelos. Ideal para cabelos sensibilizados por processos químicos, ambientais e físicos, ou seja, excesso de uso de ferramentas de calor (secador, chapinha, baby liss), grampos e elástico, que deixam os cabelos quebradiços, emborrachados e frágeis.

Por ser a base de queratina pode deixar os cabelos mais rígidos (duros). Por isso, o processo deve ser finalizado sempre com condicionador para devolver emoliência e sedosidade. Dê preferência a queratina hidrolisada, pois esta está dividida em nanopartículas, capazes de penetrar no córtex, parte interna do fio onde acontece as transformações dos cabelos. 

O ideal é que o produto tenha pelo menos 3% de queratina para ter eficácia no tratamento. Desconfie de produtos muito baratos.

A reconstrução é como se fosse o cimento e a hidratação é como a água. Na construção, um não funciona sem outro e nos cabelos é da mesma forma, não adianta colocar só o cimento (reconstrução), tem que ter água (hidratação).

Tratar os cabelos é tão importante quanto uma boa alimentação para o corpo e como o fios dos cabelos não têm terminações nervosas para transportar o alimento que comemos para toda extensão dos cabelos, temos que depositar o tratamento diretamente nos cabelos.

CAUTERIZAÇÃO - No dicionário, cauterizar significa "queimar" parte danificadas do corpo com o objetivo de remover ou fechar alguma região. Isso significa que queimamos o cabelo quando cauterizamos? NÃO! Significa que, como este tratamento é a base de queratina e creatina em gel, geralmente com partículas maiores, você precisa usar a chapinha para que o produto penetre no córtex e feche as cutículas.

 Atenção aos cuidados do dia a dia

Antes de lavar você deve desembaraçar bem e cuidadosamente os cabelos.

Os cabelos devem ser lavados de duas a três vezes. A primeira e/ou a segunda é para retirar os resíduos dos fios. Já a segunda ou terceira absorve os ativos e prepara para receber o tratamento adequado.

Nunca utilize as unhas para esfregar o couro cabeludo. Aproveite este momento para ativar a circulação com as pontas dos dedos.

Aplique o shampoo da raiz para as pontas. Enxague bem, retire o excesso de água com uma toalha, apertando suavemente.

Aplique o produto de tratamento. Ao contrário do shampoo, os produtos de tratamento devem ser aplicados das pontas para o comprimento. O que sobrar nas mãos vá pincelando para a raiz se o cabelo for seco. Evite o couro cabeludo se o cabelo for oleoso. Siga as instruções do fabricante quanto ao tempo de pausa, enxague, aplique o condicionador. Faça massagem puxando suavemente para as pontas. O condicionador não é para ficar nos cabelos. Deve ser retirado totalmente ao enxaguar.

 Aperte a toalha com as mãos para tirar o excesso de água, aplique um finalizador sem enxague, de preferência com protetor solar e protetor de calor caso vá usar secador.

A quantidade do produto deve ser o tamanho de uma moeda na palma da mão. Distribua o produto por entre os dedos e vá passando pelos cabelos, como se estivesse penteando.

Faça um corte de vez em quando, para se livrar das pontas duplas.

MAS CUIDADO!!!

O mercado está cheio de produtos que prometem verdadeiros milagres. Escolha o produto certo para a necessidade do seu cabelo. É muito comum depois de uma transformação o/a cliente recusar os produtos indicados pelos profissionais, porque já usam aqueles vendidos em farmácias ou supermercados. O que eles não sabem é que, muitos shampoos contêm em sua formulação HIDRÓXIDO DE SÓDIO (NaOH) conhecido popularmente por SODA CÁUSTICA, substância incompatível com descoloração, alguns tipos de alisamentos, além de agredir os cabelos mesmo sendo naturais. Contêm ainda 3 tipos de componentes agressivos à fibra capilar. São eles:

SAL - usado para "engrossar" o shampoo e torná-lo mais barato, porém, resseca os cabelos;

PARABENOS - são conservantes usados tanto nos shampoos quanto nos condicionadores, com o propósito de baixar os custos, mas aumentam o potencial de alergia, caspas, coceira entre outros problemas.

PETROLATOS - são derivados do petróleo. Por serem altamente oleosos, mascaram o ressecamento, dando a sensação momentânea de que os cabelos estão macios e sedosos, porém, apenas engordurados. Após algumas lavagens ficam pesados e sem vida.

Vale a pena investir em produtos de qualidade para ter cabelos bonitos e saudáveis. Faça um cronograma capilar com os três tratamentos intercalados (hidratação, nutrição e reconstrução) para repor os nutrientes que o cabelo perde no dia a dia.

E as receitas caseiras, tratam os cabelos?

Quem nunca amassou um abacate ou uma folha de "babosa", uma gema de ovo, misturou com óleo para passar nos cabelos com a intenção de tratá-lo? Eu já fiz. No dia o cabelo até fica bonito mas depois que é lavado vai tudo por água abaixo. SABE PORQUÊ? Por mais que a fruta seja triturada, suas partículas ainda são muito grandes para penetrar no córtex, parte interna do fio, onde deve receber os nutrientes e fixá-los nos cabelos.

O cabelo está caindo, o que fazer?

O nosso cabelo tem um ciclo de vida e duração média de 2 a 7 anos. Este ciclo passa por três fases: 

ANAGÉNA - Nesta fase acontece o crescimento do cabelo, com duração de até 7 anos, crescendo em média 1,5 cm por mês.

CATÁGENA - É um período de transição com duração de 2 a 3 semanas. Nesta fase o crescimento pára e a raiz se desprende da papila e o fio cai.

TELOGÉNA - Esta é a fase de repouso, com duração de 3 a 4 meses. Durante este período a papila repousa e sem receber nutrientes, a raiz existente encolhe, deixando espaço para o novo fio dentro do folículo.

A queda do cabelo é um problema que atinge tanto homens quanto mulheres. O normal é que caia diariamente entre 50 e 80 fios. Mas, se você notar que os fios começam a se soltar nas mãos com facilidade, ficam espalhados pela casa e na cama, melhor dar mais atenção. Primeiro você deve observar se está caindo ou quebrando. Se for quebra, está necessitando de tratamento diretamente nos fios. Se for queda, que é quando solta pela raiz, tem que tratar de forma diferente.

Existem várias causas para a queda acentuação de cabelos: desequilíbrio hormonal, má alimentação, stress, depressão e ansiedade. O primeiro passo é identificar o seu problema para tratar. Procure um bom cabeleireiro para que ele posso ajuda nesta identificação e definir se é queda ou quebra. Se for quebra o próprio cabeleireiro pode resolver o problema lhe indicando um cronograma de tratamento. Mas se for queda, procure um dermatologista, ele vai identificar a causa é indicar o tratamento. O importante é não se desesperar, nem toda queda termina em calvície.

A calvície ou alopécia androgenética atinge geral a população masculina, mas atenção, em menor proporção mas atinge também as mulheres. Cuidado com o excesso de produtos químicos, principalmente sem orientação de um profissional.

Cuide dos cabelos e dê o tratamento adequado

Visite a página equipe valente e fique bem informado. Tire suas dúvidas com profissionais capacitados que entendem do assunto.

Deixe seus comentários e sugestões. Sugira assuntos do seu interesse. Estamos aqui para lhe ajudar.

Marilês Alves

 

 

TAGS
Alejandro Valente
mariles Alves
mariles Alves Seguir

Brasileira, morando em Portugal. Cabeleireira pelo Instituto Embelleze e colorimetrista pela equipe Alejandro Valente. Amo o que eu faço no salão e de transmitir o conhecimento também.

Ler matéria completa
Indicados para você