[ editar artigo]

Escova progressiva, Selagem, escova inteligente, botox, formol e ácido glioxílico. Depois de uma década...o que pensam os cabeleireiros?

Escova progressiva, Selagem, escova inteligente, botox, formol e ácido glioxílico. Depois de uma década...o que pensam os cabeleireiros?

Em 2003 foi inventada a " Escova progressiva " ( hoje também conhecida por: Selagem, escova inteligente, de chocolate, marroquina, americana, escova de formol, ZAP, escova de cisteína, plástica capilar, alinhamento capilar, alinhamento térmico, escova de carbono, escova de porcelana, botox e a lista continua.......)

De lá pra cá qual tem sido a experiência do cabeleireiro(a) ao lidar com esses produtos?

Eu fiz essa pergunta para cabeleireiros do mundo todo e coloco aqui na integra a resposta de cada um.

Ao final quero saber sua real visão e opinião nos comentários.

 

 

Adriana Assis Comecei no salão bem na era das progressivas.

Me venderam, um produto cuja a ideia era: obter como resultado um cabelo, liso, saudável, com maciez e brilho.

Compatível com todos os tipos de alisamentos que já haviam no mercado.

Usei e vi ao longo do tempo, cabelos opacos, sem movimentos e cada vez mais finos.

Ao trabalhar com coloração nunca conseguia durabilidade na cor aplicada.

E na descoloração, não conseguia um fundo de clareamento desejado, para entregar a cliente os famosos platinados.

Graças a Deus a única vantagem, em ter trabalhado com as progressivas, foi fazer o curso do Alejandro Valente - Professor.

Onde ele me fez compreender que o meu maior vilão não era, não saber de Colorimetria, mais sim o selamento que a progressiva faz aos fios, deixando-os sem água, oxigênio e impermeáveis. Minha saúde não foi prejudicada porque parei a tempo, com o uso de formol

 

 

Elizete Souza Jardim Quando o assunto é progressiva temos assunto pra mais de metro.

No meu modo de pensar a progressiva surgiu por que as mulheres queriam ter cabelos com aparência de arrumado sem trabalho com baixo custo porque quem faz progressiva não faz mais nada só a progressiva. A indústria achou que ia levar vantagem em vendas em cima dessa aparente necessidade. 

Quando fiz meu curso de cabeleireira na escola não era apresentado a progressiva na matéria didática por que era proibido ,por que a Anvisa tinha dado prazo pra proibir a venda por conta dos malefícios ,meu primeiro contato com progressivas de formoldeído encheu minha mão de coceira e dermatite ,como já tinha decidido que não ía trabalhar com progressivas, busquei uma matéria da Anvisa que tenho comigo até hoje sobre o por que dá proibição os malefícios e pra ter argumentos baseado em conhecimento pra conversar com as clientes.

Lá mesmo na escola apresentaram a progressiva que ia substituir o formol ,uma marca famosa veio dar treinamento ,a carbocisteína com ácido glioxílico. Cheguei a comprar a proposta de alisar por ser compatível com tudo! Ensinavam que podia fazer em Cabelo com tioglicolato mas não ensinam que não podia fazer tioglicolato em cima da progressiva

Mas não demorou muito vi em uma reportagem não lembro qual era a formação do profissional, explicando que ácido glioxílico não era tão seguro que tinha que ser melhor estudado .

Sem falar nos inúmeros males que a progressiva causa ,qual vantagens em ter um cabelo sem movimento no corte ,sem aspecto de vida em brilho em cor .

Para o cabeleireiro não agrega valor nenhum , não é um trabalho de arte!

 

 

Marli Leite Minha visão sobre a progressiva foi uma das piores experiencia que já tive. Clientes querendo resultado e eu me culpando por não conseguir... Derrepente umas pouquissímas clientes que eu tenho sem progressiva eu conseguia loiros luminosos, mais fixação da cor. Então, aqui no curso on-line entendi por completo o que estava acontecendo. Atualmente não ofereço mais esse serviço, o que ganhei ? Mais segurança e resultados mais satisfatórios. Obrigado Alejandro valente!!!

 

 

Fernandes Nova Já ha muito tempo as progressivas viraram uma " febre" nos salões, era muito comum, passar na frente e sentir aquele cheiro " doce" característico das mesmas, com a chegada das progressivas ( sem formol) como dizem os vendedores o cheiro foi eliminado. ESSA É ZERO FORMOL E ZERO CHEIRO, dizem eles com uma confiança absoluta. Algumas a base de ácidos como o Glioxílico, Cisteína Carbocisteína e principalmente o Tânino, realmente não cheiro, e nem ardência, mais sabemos que o problema não está no cheiro e sim nos males que causam no cabelo e na saúde de quem realiza o procedimento, digo quem realiza porque hoje em dia muitos cabeleireiros não fazem mais, pois deixam esse serviço para o assistente, muito comum também pessoas que compram pela internet e fazem em casa.

Existem variantes de nomes que se criou para vender as mesmas, plástica de fios, botox, alinhamento capilar, escova de verniz, inteligente, de chocolate disso, disso, daquilo e por ai vai e vai.

Quando o cabeleireiro começa a estudar e entender colorimetria capilar, automaticamente passa a ser contra progressivas, porque não é possível aplicar a colorimetria com precisão em cabelos com as mesmas. Entre os agravantes está a dificuldade de realizar trabalhos de mechas, pois o descolorante começa perder força depois de aplicado, e encontra uma barreira de impermeabilização no fio, quando consegui transpor ja perdeu muito da ação, esse ( verniz) no fio, impede a fixação da cor nas tonalizações, matizações e colorações, também impede que o fio receba no seu interior (córtex) os ativos de tratamentos.

E muito comum, clientes quererem mechas e progressiva no mesmo dia, o estrago provocado por essa ação é IRREVERSÍVEL!

Observando cabelos com progressivas notamos que quase 100 %, ou 100%, do comprimento e pontas está visivelmente ressecado, com a impermeabilidade que as mesmas causam, fio não recebe água, presente no oxigênio da ar e nos tratamentos, como consequência, aquele cabelo ressecado, espigado e sem vida. E quando chega nesse estágio, não há tratamento que resolva só tesoura mesmo. Ai outro problema, pois é impossível realizar aquele corte da foto da modelo com precisão.

Os males para saúde, são estarrecedores! Há registros de casos de óbito, pelo uso das escovas progressivas.

Durante muito tempo, os cabeleireiros trabalhavam e ganhavam seu dinheiro sem faze-las, esperamos que todo profissional se conscientize, abomine o uso e deixe de vez. E quem sabe num futuro próximo veremos cabelos saldáveis e a boa saúde entrando em nossos salões.

 

Andreia Drumond Minha visão é que as progressivas alem de prejudicar a saúde como sinusite ,alergias etc. daí pra pior.

Na verdade ela é uma máscara, uma ilusão!  " tipo lobo em pele de cordeiro"

Além de todos os problemas de saúde a chegada das progressivas com o grande desejo do efeito liso . Tirou bastante o fluxo de nossas clientes de relaxamento , escovas e tratamentos do salao. 

Conclusão 

Diminui o fluxo de atendimento do salão

Atrapalha nos resultados de mechas , colorações, relaxamentos principalmente as que são à base de ácidos.

 

 

Solângela Aguilar Progressivas o que dizer delas né? Elas deveriam se chamar agressivas pois, é isso que realmente fazem .

Agressivas e egoístas por que quando chega no fio sela-o de tal forma formando plastificação no fio que dificulta a entrada dos tratamentos para que penetrem nos fios como se deve ser. Também não permite que as colorações penetrem no córtex e fixe a cor.

E para finalizar, não é diferente no processo de descoloração quando vamos fazer um trabalho de mechas, como as cutículas estão muito seladas(fechadas) encontramos muita dificuldade para conseguir abrir (eriçar) essas cutículas e chegar em um fundo de clareamento mais claro, principalmente quando por exemplo o desejo da cliente é ter mechas nas alturas de 8 e 9 o que na grande maioria das vezes não alcançamos, nem por usar uma volumágem maior de Oxidante porque o cabelo não aguenta o processo e acaba emborrachando e por muitas vezes quebrando

Obs: Sem contar que elas são super prejudicial para a saúde de nós profissionais da área e também para a saúde das clientes.

 

 

Mota Mota 9) É de fundamental importância salientarmos a responsabilidade do cabeleireiro durante a realização de qualquer tipo de tratamento capilar, pois, assume um compromisso com seus clientes nos nosso aspectos, estético quanto ao visual, bem estar e moral

Progressiva de Formol?

Soluções de formoldeído gasoso dissolvido em água são chamada de formol (o formaldeído se dissolve em água 37%), este composto orgânico é altamente tóxico e tem uma vasta gama de aplicações é usado como desinfetante (mata a maioria das bactérias),conservantes (muito usado no embalsamento de cadáveres )na fabricação de resina sintéticas,tintas, plásticos,espelhos,vidros,cosméticos e até explosivos, o formoldeído é usados para fazer vários produtos químicos.

A progressiva é um procedimento no momento que as mulheres adoram para deixar o cabelo bem liso, e "hidratado", muito conhecida por causa do formol, essa substância que é rotulado com concentração acima de 0,2%, é proibido pela Anvisa pois é bem agressivo, quando esquenta vira um vapor que arde os olhos, garganta, nariz e em contato com o couro cabeludo direto, pode provocar inflamação e irritação, até queimaduras por isso que as progressivas ficaram assunto polêmico que às pessoas tem medo de fazer, mas é bom salientar a exposição com o formol, promove uma irritação alérgica em todos que estão em volta.

A progressiva é um dos recursos mais famosos quando deseja obter cabelos lisos, porém cada aplicação o seu efeito é intensificando em retirar queratina e a água dos cabelos deixando-os fracos com impossibilidade de haver outros processos na estrutura do fio.

 

 

Maria Maçaneiro Progressiva eu não sou a favor por vários motivos 

Ela cria uma película no cabelo selando a cutícula do cabelo não deixando as proteínas,água, tratamentos, coloração entrar corretamente e aos poucos o cabelo vai quebrando e perdendo a vida.

Isto que se descolorir e querer chegar em altura de 9 não consegue porque sempre fica resíduo de laranja, se colorir o cabelo antes da progressiva perde o efeito dela, se fizer a progressiva depois de colorir não fixa a cor corretamente, deixa sem brilho. 

Também prejudicando a saúde causando vários problemas como no pulmão a pessoa precisa usar bombinha, alergia, dor de cabeça mau estar etc.

Então não sou a favor do uso é já estou conseguindo convencer as clientes a não usar provando a elas o motivo de eu estar alérgica tendo resultado comprovado pelo uso. Estou fazendo tratamento de vacinas e eliminando vários tipos de alimentos

 

 

Josefa Nunes  - Minha visão sobre as progressivas não é nada Boa.

Para mim, foi a pior química que criaram para se passar em cabelos.

Sou cabeleireira a mais de 30 anos, então sou do tempo que se alisava cabelo com Amônio, Guanidina, sódio, lítio. E todo mundo alisava cabelo com esses ativos e não se tinha tantos poblemas como se tem desde que algum louco irresponsável disse que formol alizava cabelo.

No começo se chamava de escova de morango, de chocolate, de argan, de caviar, cada empresa que desse seu nome.

E a procura era grande nos salões. Cheguei a comprar uma de morango, na primeira aplicação que fiz em uma cliente, fui parar no hospital, totalmente sem fala, tampou tudo fiquei muda.

Quando cheguei em casa, peguei o produto e coloquei tudo na privada passei um bom tempo sem fazer.

Foi quando chegaram as progressivas sem( formol),a base de carbocisteina e ácido glioxicilico.

Realmente era mais leve, mais tão prejudicial quanto, só veio mascarada.

Mais quando fiz o curso com o Alejandro o ano passado, entendi muitos dos problemas que apareciam no salão.

Tipo: cabelos amarelados, alaranjados, pó que esquentava, cabelo que emborrachava, a cor que não fixava, cabelo que não dava pra voltar pra amônia depois de uma selagem de ácido.

Entendi o porquê dos cabelos ficarem estáticos, sem brilho ,opacos, e cada vez mais minguado.

Nas mechas, nuca chega aquele fundo de clareamento para um loiro limpo

Tanto é prejudicial a saúde dos profissionais, como também à saúde das clientes, e principalmente das madeixas em geral.

Por todo malefícios que a progressiva trouxe para os cabelos e para os humanos, eu creio que com a força dos profissionais e a União de todos, em alguns anos, esses produtos que tanto nós prejudica será instinto de nosso meio pois precisamos de produtos que transformem formas e cores .

Um abraço a todos.

 

 

Walter Soledade Vejo progressiva como uma droga altamente perigosa . tanto o cliente como o profissional depois da primeira vez fica dificil de se largar..., pela facilidade do resultado do seu trabalho. 

Ha poucas informações a respeito das causas de danos no corpo humano e no próprio cabelo

 

 

Onofra Rds Eu trabalhei muito com progressivas. Hoje o meu trabalho é antes e depois do curso Colorimetria Avançada estou sofrendo por que todos querem cabelo liso, platinado estou perdendo muitos clientes por isso. (é muito difícil criar um loiro bonito no cabelo com progressiva) No meu bairro a mulher corre onde oferece cabelo liso muito liso não importa a porcentagem do formou estou começando de novo mas não faço mais até os vendedores só procuram o salão para oferecer progressiva é o carro chefe deles não se preocupam com o perigo… 

 

 

Cleo Rezende O que não falar dessa tal progressiva ..

Sela as cutículas de um jeito que nada entra e o pior que tira toda água do fio ,fica um cabelo encapado duro sem balanço na realidade um cabelo doente se assim posso dizer, sem benefício algum...

Ela chegou como uma febre todos queriam e com isso hoje temos muitos cabelos (mortos .)..não responde a tratamentos ,a descoloração, coloração e muitas das vezes nem ao corte. Fica sem balanço, sem caimento ou movimento

Isso no cabelo ...fora o mal que faz a saúde de quem usa e de quem aplica e até quem está por perto inalando essa química chamada formol…

 

 

Paula Pina Eu não faço progressiva porque logo nas primeiras tentativas tive uma reação nas minhas vias respiratórias. E pelo trabalho que dá e pelo mal que faz prefiro não ganhar esse dinheiro para depois gastar no médico.

 

 

Daguia Silva Minha visão sobre progressivas.

Progressiva é um tiro no pé principalmente as com base formol, Promete-se um alisamento e isso não acontece apenas uma redução de volume.

Por que um tiro no pé? Por que alguns profissionais que estão atuando há algum tempo caem nas armadilhas daqueles marketing mirabolantes eu já cai muito quem não ? Acho que agora muitos vão se identificar rs eu fiquei anos tentando alisar um cabelo com progressiva de todos os tipos que possam imaginar e como resultado sempre insatisfação por partes das clientes voltando ao salão quem aí já ouviu: Meu cabelo não ficou liso sua progresiva não alisa!

Não estou generalizando mas a maioria dos profissionais principalmente aqueles que estão chegando agora não tem a real consciência do que são essa elaboradas progressivas, os ativos existentes em sua composição muitos deles são incompatíveis com uma simples coloração ainda assim os danos são ignorados por alguns profissionais nem vou me estender aos aplicadores de produtos pois esses são os mais ignorantes dos fatos.

E o que temos nos dias de hoje com o resultado de cabelos com progressiva? Fios super compactados , quebradiços, sem brilho ou movimento e ainda dificultando-nos a vida de executar um simples corte.

Atuo há 8 anos na profissão não uso mais progressiva à base de formol me conscientizei de seus danos principalmente para a saúde vital de minhas clientes estendendo-se a mim e de minha família que consequentemente sofreria se tivesse adquirido alguma enfermidade por conta do uso prolongado do ativo Formol que é proibido.

A a conscientização e mudança começa por nós profissionais da Beleza tendo em vista que devemos elevar a auto estima de mulheres com cabelos saudáveis.

 

Gleusa Maria De Oliveira A progressiva reduz volume, desidrata o fio, e tira o oxigênio do cabelo além de tira também proteínas, os fios são selados em alta temperatura. Seria como se passasse um plástico envolto a cada fio deixando-os brilhosos, mas não esqueçamos que estamos encapando fios doentes, e que ficam protegidos de quaisquer benefícios em relação à procedimento de tratamento e ainda dificulta nos processos de coloração e descoloração, pois sabemos que o PH das progressivas são muito baixo e não é saudável aos cabelos.

 

 

Tereza Althman Sabemos que prezamos a nossa saúde, saúde do cabelo , uma melhor fixação da cor , melhor tratamento e queremos condições de descoloração.

A progressiva é um procedimento que as mulheres encontraram para facilitar a vida no seu dia a dia. O cabelo com o contato com as progressivas como selagem , botox , temporária, de verniz, de morango, etc. recebeu o formol ou ácido glioxílico juntamente com outros componentes essenciais.

Ao aplicar esses produtos ele desliga a ponte de hidrogênio e ao passar a prancha quente ele sela deixando plastificado , mas ainda fica com lacunas que podem vir a quebrar .Os ácidos são da família do formol e quando aquecidos viram o formol, e ao aspirar, da ardência nos olhos , chega ao pulmão, da falta de ar , dor de cabeça , câncer e possivelmente levando a óbito. Da mesma forma que o cabelo precisa de nutrientes , queratina , aminoácido, não podemos colocar esses componentes que não fazem parte da estrutura física , estrutura química do cabelo pensando que vai tratar e alisar e na verdade, ele preenche com nutrientes que não fazem parte dele. O formol retira a água dos fios deixando desidratado perdendo a elasticidade e se puxar ele não estica e as vezes quebra .O cabelo que passou por essa transformação com ácido , formol Formoldeido , não temos mais acesso ao córtex não abre a cutícula para uma coloração ou descoloração , não absorve tratamento , ficando desidratado e as vezes ainda quebra necessitando de um corte.

 

 

Lucineia Cristina P. Lima Em um Mundo de pessoas sem tempo nada melhor que Praticidade assim surgiu a progressiva , na década de 1980 surgiu o Tioglicolato de amônio usado com bigoudis , como a onda Era volume nos cabelos os lisos eram enrolados , mas em um país em que se considera 70% da populaça tem cabelos enrolados ou encaracolados a onda muda em 1990 já a febre são cabelos chapados e lisos , onde então Satoru Nagata aprimorou uma técnica Turca e batizou de alisamento Japonês, famosa escova definitiva e então vira febre famosas aderiram como Fátima Bernardes ,Malu Mader. No meio de tudo isso aparece o Formol no Subúrbio do Rio de Janeiro e se espalha por todo o país. Encontramos formol em diversas coisas como espelhos , vidros , tintas , corantes ,em tecidos mas quando a Anvisa começa uma guerra contra alisamentos com Formol é porque já havia comprovado os Danos a saúde e até morte. Eu mesma usava e sentia a garganta diminuindo a sensação é como se eu estivesse ficando sem ar e era mesmo , Graças a Deus hoje não utilizo mais em meu salão por ter o conhecimento obtido no Curso Colorimetria Avançada, sou Grata Professor , alguns dos conhecimentos em que tive e a Anvisa Confirma é irritação , vermelhidão, até Queimaduras e sem contar que é cancerígena e muitos outros malefícios. 

Anvisa Libera só 0,2 % do Formol como conservante , mas seria bom se os fabricantes não inventassem tantos outros nomes para substituir o Formol, muitos são camuflados. Em 2014 o Ácido Glioxílico foi Proibido por saber que aquecido com a prancha Libera o Formol.

Existem muitos ativos hoje usados em escovas progressivas que liberam formol!!

VivaA saúde

 

 

Maria Dasdores Santos Cruz É isso mesmo. As pessoas não querem mais fazer um relaxamento com tiaglicolato de amônio e um bom tratamento + uma Boa escova. E só pensam em escova progressiva e isso nos tira a chance de fazer um bom trabalho.

Como um pérola um platinado ou mesmo qualquer tom de loiro bonito. Porque se o cabeleireiro faz as mechas e tonaliza, mesmo depois de um mês tratando, a progressiva tira a cor e se fizer primeitro a progressiva a cor não pega!

Resumindo! Temos que estar sempre informando para as nossas clientes que parem de usar escovas progressivas pois ou loiro ou liso!

 

 

Marisa Bauler Quando inicie o curso em 1995, entre todas procedimentos q aprendi no curso o alisamento era um deles. Para concluir o curso cada aluno tinha q fazer um procedimento destes . Chegou minha vez, a cliente q atendi na época, o cabelo era afro. Conforme ia aplicando o produto percebi q na área de topo a cliente tinha o cabelo com o tamanho de 3 cm enquanto o restante era de 20cm aproximadamente. Quando questionei o pq desta diferença, ela disse q havia caído ou provavelmente quebrou com o alisamento anterior. Fiquei tão impressionada com aquilo q jurei para mim mesma q nunca faria alisamento em meu salão. No final do mesmo ano inicie as minhas atividades como cabeleireira no meu salão. Quando alguém pedia se oferecia este serviço contava está experiência. Cursos sérios falavam sobre a diferença entre os alisamentos definitivos e progressivas. Até anos atrás uma revista fez uma matéria com uma química q explicou muito bem sobre as progressivas. Nunca fiz progressiva no meu salão. Andava na rua e via os cabelo sem movimentos . Cabelos com tons amarelados . Optei e não fazer. Claro com certeza muitas clientes deixaram de vir . Ouvi comentários tipo vc não se atualiza. Escolhi por minha saúde. Então a minha visão sobre progressivas, o fio fica impermeável não absorve nenhum tipo de nutrientes e com o tempo tem corte químico. A descoloração fica muito difícil , a coloração não tem fixação. O cabelo fica sem vida. Então diga não a progressiva .Nossa saúde em primeiro lugar.

 

E então? O que tem a dizer?

Concorda ou não?

Se já usou ou usa, qual tem sido sua experiencia ao lidar com esses produtos?

Esse post servirá como base para muito estudo e pesquisas é importante que você comente pois sua participação aumenta o debate sobre o assunto PROGRESSIVAS e ajuda a esclarecer melhor por diferentes pontos de vista.

 

                                                 O QUE PENSA?

 

AGUARDO SEU SINCERO COMENTÁRIO.
 

Alejandro Valente
Alejandro Valente
Alejandro Valente Seguir

Colorimetrista Educador - Considerado especialista na área de educação profissional, seu programa de cursos e workshops tem reconhecimento internacional. Profissional a 18 anos, idealizador do curso EAD online de COLORIMETRIA avançada

Ler matéria completa
Indicados para você