[ editar artigo]

Escova progressiva - Formol causa queda de cabelo?

Escova progressiva - Formol causa queda de cabelo?

Há bastante tempo mulheres no mundo todo aderiram à progressiva, mas sempre ficam em dúvida, afinal... formol causa queda de cabelo?

Ter cabelos longos e lisos fazem parte do sonho de muitas damas... E para realizar tal desejo,  não se medem esforços -  nem consequências! 

Além de enfrentarem cheiros fortes e reações alérgicas, diversas mulheres não se importam com os componentes químicos contidos nos produtos e, sim, observar o será aplicado nos cabelos é muito importante! 

Devem ser considerados todos os prós e contras da transformação. Às vezes, um detalhe da composição pode deixar o sonho do cabelo almejado ir por água abaixo - no chuveiro mesmo.

Quando as primeiras progressivas entraram no mercado, todas, quase que sem exceção, utilizavam o formaldeído gasoso (o tão conhecido formol) como matéria-prima.

E olha, por mais bonitos que os cabelos ficassem no início, as consequências dos processos levaram algumas mulheres não só para o hospital, como também para o caixão...

Hoje, graças aos avanços da tecnologia e das pesquisas, surgiram inúmeras técnicas de alisamentos muito mais salutares que as antigas.

Esses produtos, além de melhor elaborados, não contêm formol em sua fórmula, mantendo o corpo longe de sua toxidade. Os exemplos mais comuns e com resultado comprovado são as selagens e os botoxs capilares.

ASSISTA ESSE VÍDEO E VEJA O QUE DIZ O MESTRE ALEJANDRO VALENTE.

A pior notícia é: uma significativa parcela das técnicas de alisamento ainda mantém o uso do formol, principalmente os produtos para Escova Progressiva.

O formol é o componente responsável pela impermeabilização dos fios para o alisamento mais duradouro. Em função disso é possível ficar quatro meses com o cabelo liso, sem preocupações.

No entanto, o produto não deixa a oleosidade natural da raiz chegar às pontas, nem permite a penetração de nutrientes necessários para a saúde capilar e a água penetrem os fios, fazendo com que o couro cabeludo sofra irritações.

Além disso, ele retira toda a queratina e proteção dos fios! O resultado? Fios endurecidos, sem brilho, quebradiços e, claro, a queda capilar...

O formol causa dermatite e deixa o córtex, a parte interna do folículo capilar, bastante vulnerável. Isso causa o ressecamento e perda da cor. É comum e triste ouvir hoje, em nossos salões,  relatos de pessoas que perderam tufos de cabelo devido ao uso de formol e, ainda, quem sofreu para recuperar os fios perdidos.

Em alguns casos, principalmente quando o produto causou queimaduras no couro cabeludo, foi preciso recorrer ao implante capilar, já que a região, é claro, perdeu a sua força.

Saúde

A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) são totalmente contra a utilização do formol para fins estéticos. Isso ocorre em consequência da reação química, pois aplicado no cabelo e em contato com o calor do secador, o vapor é liberado com uma considerável concentração de formol.

O produto é altamente tóxico, seja quando ingerido, inalado ou em contato com a pele!

Além de ser considerado um agente potencialmente cancerígeno, ele pode causar dor de cabeça, tosse, falta de ar, vertigem, entre outros sintomas.

Pessoas que sofrem de deficiência respiratória – asma e bronquite, por exemplo – ou que tem hipersensibilidade ao formol podem sofrer consequências ainda piores, inclusive choque anafilático que pode levar à morte por asfixia. Na pele, o produto causa vermelhidão e sensação de dormência.

DIGA NÃO O FORMOL E SIM A VIDA !!

Recuperação dos fios

Pessoas que utilizaram produtos com formol uma ou diversas vezes devem recorrer a um tratamento intenso para recuperar os fios. O ideal é que o usuário  pare com as aplicações viciantes e aposte em técnicas como cauterização, hidratação profunda ou outras que sejam ricas em proteínas e ativos emolientes e condicionantes. Porém, mediante inúmeras aplicações, infelizmente só se resolverá com vitamina T de tesoura.

Na verdade, o recomendado é que as mulheres nunca utilizem tratamentos a base de formol! Procurem soluções alternativas para evitar problemas futuros...

POR FALTA DE CONHECIMENTO, HOJE SOU VÍTIMA DO FORMOL, COM SEQUELAS IRREPARÁVEIS E GASTOS INCALCULÁVEIS COM A MEDICINA.

Como me conscientizei?

Fiz um curso de colorimetria avançada com mestre da colorimetria ALEJANDRO VALENTE.

Em nosso grupo fechado, ele dedicou uma aula inteira sobre o formol e somente aí a minha ficha caiu: estava eu, gastando o que não tinha e sem esperança com minha saúde!

Além de mim, conscientizei mais de 40 clientes minhas a se libertarem dessa droga. Foi fácil? Não! Mas me sinto vitoriosa, pois venci. Eram mais de 40 contra mim e hoje estão ao meu lado.

Se gostaram desta matéria, deixem seus comentários que terei imenso prazer em responder!

Sou Mary Sertão ,cabeleireira e colorimetrista formada pelo educador Alejandro Valente.

Alejandro Valente
Marilene dos santos sertão
Marilene dos santos sertão Seguir

Sou colorimetrista formada pelo educador Alejandro Valente.

Ler matéria completa
Indicados para você