[ editar artigo]

O que são fios quebrados?

O que são fios quebrados?

Alguma vez você já passou a mão na cabeça e percebeu que, ao terminar, alguns fios se desprendiam? Se sim, não há motivo para alardes, pois pessoas saudáveis perdem cerca de 100 fios de cabelo diariamente, devido à renovação capilar. No entanto, quando esse volume aumenta muito e o bulbo do cabelo não está grudado ao fio, você pode estar sofrendo de quebra.

Em caso de dúvidas, procure observar a textura e a aparência do cabelo. Se os fios estiverem hidratados, brilhantes e com aspecto uniforme, está tudo dentro do normal. Porém, fios secos, espigados e com pontas mais curtas e rígidas merecem um pouco mais de atenção.

Apesar de parecer simples, essas duas alterações no estado de saúde dos cabelos causam muita confusão nas mulheres e impedem um tratamento correto para correção dos problemas. A queda ocorre quando o bulbo do cabelo (aquela bolinha branca que fica na raiz) se desprende do couro cabeludo, fazendo com que ele caia por inteiro.

Há diversas causas para esse problema, como estresse, carências alimentares e uma doença chamada Alopecia Areata. Nesses casos, o fluxo de queda dos cabelos aumenta consideravelmente, fazendo com que falhas de formato geralmente redondo apareçam na cabeça. Se esse é o seu problema, procure um dermatologista ou tricologista para obter o diagnóstico e o tratamento adequado.

Já nas quebras, o fio se parte em dois. A ponta fica mais espessa, sendo facilmente identificada pelo tato. A quebra ocorre em cabelos ressecados por falta de hidratação, fragilizados por tratamentos químicos ou até mesmo quando a mulher cuida de forma errada, não penteando, secando e prendendo o cabelo do jeito correto.

Outro fator que influencia muito na beleza dos cabelos em geral é a alimentação: se ela for pobre em vitaminas e minerais, suas madeixas podem ficar com uma aparência bem cansada, sem brilho e sem vida.

Quais os cuidados para evitar a quebra de cabelo?

Uma das formas de reduzir esse problema é ter alguns cuidados especiais com o cabelo. Você deve usar corretamente os produtos e evitar hábitos que podem estar acabando com o seu visual. Veja quais são:

  • Passar shampoo e condicionador de forma agressiva. O ideal é fazer movimentos suaves com a ponta dos dedos, espalhando os produtos de cima para baixo.
  • Pentear o cabelo da raiz às pontas. Isso pode causar nós, que ao serem desembaraçados, ocasionam mais quebras. Sempre comece de baixo e suba vagarosamente.
  • Friccionar demais a toalha na cabeça. O fio de cabelo é muito delicado e o peso da toalha aliado a movimentos bruscos pode parti-lo. Por isso, apenas aperte o tecido suavemente contra as madeixas.
  • Utilizar escovas e pentes errados. Os mais indicados são os com cerdas mistas ou naturais, que danificam menos os fios. Na dúvida, pergunte ao cabeleireiro qual é o mais indicado para você.
  • Enrolar os cabelos com os dedos. Essa mania enfraquece os fios, que têm a estrutura danificada e se partem. Evite ao máximo.
  • Não usar protetores térmicos. O excesso de calor do secador e da chapinha são alguns dos principais motivos que levam o cabelo a se quebrar. O protetor evita o ressecamento, melhorando o aspecto geral do fio e impedindo que ele se parta.
  • Prender o cabelo molhado, pois o elástico pode causar a quebra devido ao rompimento da fibra capilar. Esse hábito prejudica o visual como um todo, pois a umidade causa uma doença chamada dermatite seborreica, que deixa o cabelo oleoso e opaco.
  • Tomar banhos quentes: a água quente do chuveiro provoca ressecamento do couro cabeludo e dos fios, o que pode ocasionar a quebra. 

Como recuperar cabelos quebradiços 

A forma de tratamento dos fios vai depender de quão danificados eles estão. Por isso, a postura correta é buscar ajuda de um profissional, que vai fazer a avaliação e indicar o melhor caminho para deixá-los lindos e sedosos.

É importante lembrar que quanto mais químicas agressivas a mulher faz — como alisamento, tintura, relaxamento e até mesmo uma quantidade muito grande de escovas — maiores são as chances de elas sofrerem com as quebras. Assim, é sempre bom já conversar com o cabeleireiro antes e definir estratégias para que isso não aconteça.

Isso evita até mesmo que você seja obrigada a cortar os fios mais do que gostaria só porque eles estão cheios de ponta dupla e com aparência desgastada e opaca, coisa que mulher nenhuma gosta. Ou, em casos extremos, o corte químico — que é quando o excesso de substâncias agressivas faz com que o cabelo se dissolva. Trágico, não? Por isso, é importantíssimo cuidar da saúde dos fios com tratamentos que recuperam os danos.

Quais tratamentos fazem diferença?

Entre as técnicas mais modernas disponíveis no salão de beleza para recuperar cabelos quebrados estão as que recuperam a queratina, proteína cuja falta acaba prejudicando a estrutura do cabelo. Um dos tratamentos mais comuns é a cauterização capilar, que usa a queratina como principal ativo, promovendo uma recuperação de dentro para fora, devolvendo massa e força aos cabelos. Ela também é chamada de plástica de cabelos e é ótima em situações de quebra intensa.

Além dela, a reconstrução térmica também tem resultados bastante animadores. Ele recupera a estrutura dos fios, repõe a massa perdida e depois sela, garantindo uma maior duração. Em casos mais simples, hidratações frequentes já fazem toda a diferença. Elas podem ser feitas no salão e até mesmo em casa, com produtos para cabelos danificados.

Com os cuidados certos, você transformará seus cabelos quebrados em fios dignos de estrela de cinema!

Deixe um comentário e nos conte o que você tem feito para afastar o fantasma da quebra da sua vida!

 

Liliane Oliveira

 

 

 

Alejandro Valente
Liliane da Conceiçao Oliveira Perroti
Liliane da Conceiçao Oliveira Perroti Seguir

Tenho que saber o fundo de clareamento,ver que cor tem o cabelo,que cor devo usar,pra chegar ao desejo da cliente,nem sempre a cor desejada é a cor aplicada.O CONHECIMENTO TRANSFORMA VIDAS,A MINHA JA ESTA SENDO UMA.OBRIGADO DEUS E ALEJANDRO VALENTE.

Ler matéria completa
Indicados para você