[ editar artigo]

Você já ouviu falar da origem histórica do profissional da beleza?

Você já ouviu falar da origem histórica do profissional da beleza?

É  considerado "PROFISSIONAL DA BELEZA " aquele trabalhador que tem por arte ou ofício a prática de técnicas com a finalidade do embelezamento do ser humano.

 Você sabe ou leu algo sobre a evolução profissional na história da sociedade  a.C. e d.C?

Não é possível datar precisamente o seu surgimento, visto que o desenvolvimento  histórico desse trabalhador é peculiar quanto a sua própria evolução profissional na história da sociedade. Conforme os mais diversos registros históricos, esse ofício  esteve presente desde os primórdios da humanidade, em especial, a partir da estruturação do homem quanto a sua civilidade, higiene e estética pessoal.

A exemplo podemos encontrar, dentre os mais antigos manuscritos, citações e referências de tais práticas na China, na Índia, no Egito, na Babilônia (5.000 a.C.).

No Brasil, por exemplo, logo no início do descobrimento (1.500 d.C.) já encontrávamos o barbeiro, o cirurgião - barbeiro, que além de aparar os cabelos  e barbas, eram indivíduos responsáveis por aplicar ventosas, fazer curativos, tratar picada de cobras, extrair dentes, dar infusões, dentre outras operações cirúrgicas  que eram realizadas de forma bastante rudimentar. Paralelamente e muitas vezes  em complemento ao trabalho dos físicos da época (atualmente médicos), os barbeiros eram pessoas que executavam as tarefas mais difíceis, principalmente, devido aos riscos de morte por hemorragia ou por outras serias infecções.  

No entanto independentemente desse tipo de trabalho "mais" pesado, é importante citar que trabalhavam, sem tais dificuldades, outro grupo de barbeiros e de frisadores da côrte que se dedicavam à arte estética a serviço dos nobres, tais como: perfumaria, fazer a barba, perucas, frisamento de cabelos, maquiagem, dentre outras atividades. Os cabelos também indicavam a classe social das pessoas, os nobres tinham cabelos compridos, visual também adotado pelos filósofos. Outras culturas também viam o cabelo como símbolo de status.

O barbeiro (hoje, profissional da BELEZA pessoal, cabeleireiro), de forma bastante atuante, foi o profissional que mais contribuiu com os experimentos  das mais importantes técnicas cirúrgicas da atualidade.

De lá pra cá, em meio a muita mudança de métodos e costumes, os cabeleireiros construíram um universo onde a beleza faz parte do espetáculo da vida.

Todo PROFISSIONAL DA BELEZA deve ter por princípio que a beleza é um instrumento de auto - valorização e transformação do mundo, é algo que se compartilha e está presente na vida de todas as pessoas. É A FORÇA DA VIDA!!! 

Tereza Althman

Alejandro Valente
Ler matéria completa
Indicados para você